Aprenda a diferenciar desejos de necessidades

Entender e classificar anseios de consumo vão te colocar no caminho certo para manter suas contas em dia

Necessidades são, basicamente, aquilo sem o qual não podemos viver, independentemente da nossa vontade. Já o desejo é tudo aquilo que queremos, sendo necessário ou não.   

A alimentação, por exemplo, é uma necessidade humana. Se não comermos, nossa saúde fica debilitada e o resultado disso pode ser a morte. Mas escolher satisfazer essa necessidade em uma restaurante de luxo já é um desejo. Compreender essa diferença é essencial para entender os seus anseios de consumo e conseguir gerir o seu dinheiro de forma controlada. 

Desejos x necessidades na vida do consumidor brasileiro 

Segundo uma pesquisa do SPC Brasil, que avaliou a relação entre impulsividade e consumo, foi constatado que: 

  • 40,3% dos entrevistados estão ou já estiveram com o nome sujo por extrapolarem nas compras sem pensar; 

  • 32,9% compram produtos que não precisam, mesmo tendo pouco dinheiro; 

  • 30,8% estão com as finanças descontroladas por terem comprado coisas que não precisam. 

A partir desses dados, podemos perceber o quanto é importante diferenciar o que você quer do que você realmente precisa quando se trata dos seus hábitos de consumo. 

Como lidar com seus desejos? 

É importante deixar claro que não é errado satisfazer desejos. Assim como os sonhos, os desejos podem te impulsionar e serem fontes de grande prazer. 

Mas é importante que o seu dinheiro seja direcionado para as suas necessidades e que os seus desejos sejam atendidos somente quando isso é possível do ponto de vista financeiro.  

Se você trata seus desejos como necessidades, é impossível gerir o seu dinheiro de maneira saudável e você pode acabar em um processo de superendividamento, o que pode fazer com que você não consiga arcar com o custo das suas necessidades.