Dia da doação de sangue: saiba mais sobre esse ato, que não custa nada para o bolso, mas ajuda muita gente

Doar sangue regularmente pode ajudar a salvar vidas. Entenda como se tornar um doador

O Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado no dia 25 de novembro, foi criado como uma forma de homenagear e agradecer a todos os doadores, além de estimular toda a sociedade a aderir a essa boa ação.

Segundo informações do Ministério da Saúde, o mês de novembro foi escolhido para essa celebração, porque precede um período que, geralmente, tem baixo estoque nos bancos de sangue, por conta da proximidade das férias, comemorações de fim de ano, carnaval e outros feriados.

Você conhece o processo de doação de sangue?

Na doação de sangue, um doador voluntário tem seu sangue retirado e armazenado em bancos de sangue ou hemocentros.

Um adulto tem, em média, um volume de cinco litros de sangue e, na doação, são retirados 450 ml. Esse material é separado em hemácias, plaquetas e plasma, o que torna possível ajudar mais de um paciente com apenas uma doação.

Para doar, os voluntários passam por uma entrevista, para garantir que cumpram alguns requisitos:

  • Ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos devem possuir consentimento formal do responsável legal);
  • Apresentar documento de identificação com foto emitido por órgão oficial;
  • Dormir pelo menos 6 horas nas 24 horas que antecedem a doação;
  • Pesar pelo menos 50 kg;
  • Estar alimentado na hora da doação (mas sem consumir alimentos gordurosos).

Para mais informações, acesse: http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/doesangue/

Tags: doação de sangue saúde

Veja mais