Período de seca exige consumo racional da água

Evite o desperdício e economize água e dinheiro

O planeta é coberto por 2/3 de água. Contudo, apesar de ser uma fatia representativa, a maioria absoluta do recurso hídrico da Terra, ou 97,5% da água nela, é de mares e oceanos.

 Isto significa que apenas 2,5% da água do planeta é doce e mais da metade disso sequer está disponível para o uso imediato, uma vez que, concentra-se em geleiras ou subsolos congelados.

Além de a água ser um recurso natural limitado, fatores como o consumo inadequado, o desperdício, a poluição de fontes e mananciais e as mudanças climáticas, que reduziram as chuvas em 2021, representam um risco para a manutenção da vida no planeta e para o consumo de água como conhecemos.

Com estas definições claras, um conceito torna-se essencial para a sobrevivência humana:

É preciso que se pense no desperdício contínuo da água

Completamente fora de controle, o consumo invisível, ou a água despendida para consumo de produtos e serviços, utilizada na produção de alimentos, na indústria, no comércio e no lazer, por exemplo, compromete a estabilidade e permanência de um recurso imprescindível à sobrevivência.

Por isso, de modo generalizado, é fundamental que os conceitos de uso responsável não se restrinjam apenas à água que desperdiçamos nas torneiras e chuveiros, mas, também, em toda a cadeia de consumo invisível.

Tendo em vista a necessidade absoluta de melhor conscientização, mude seus hábitos e aprenda a racionar a água voluntariamente:

Como contribuir para não impactar a diminuição dos níveis dos reservatórios e manter a economia de água?

  • Verifique regularmente possíveis vazamentos em casa;
  • Evite o uso desnecessário de mangueiras: Irrigue as plantas com regador e use baldes para lavar carros e janelas;
  • Se você tem piscina, deve mantê-la coberta fora do período de uso e investir em recursos de limpeza da água para evitar o desprendimento excessivo para viabiliza-la ao uso;
  • Reaproveite a água da lavagem de roupas para lavar pisos e áreas externas;
  • Junte várias peças de roupas sujas para usar a máquina de lavar apenas uma vez por semana.

Com estas pequenas ações, muito pode ser feito.

Compreenda que, ao optar por utilizar baldes na lavagem de cerca de meia hora de um automóvel, você pode economizar cerca de 150 litros d’água, com consumo lento, com meia abertura da torneira, você pode desperdiçar até 312 litros do recurso mais importante da terra.

A questão não é apenas ambiental. O consumo consciente pode economizar até 20% da sua conta de água atual, segundo dados emitidos pela Sabesp, se você conseguir poupar 33 litros da água que costuma desperdiçar por dia.

Para chegar lá, transforme seu consumo em minutos e reduza pelo planeta e pelo seu bolso, a água consumida num único dia:

Reduza por minuto entendendo seu consumo

Ao escovar os dentes ou se barbear

Com a torneira aberta escovando os dentes por 5 minutos, você gasta cerca de 12 litros d’água. Trocando este hábito por molhar a escova e utilizar um copo para o enxague bucal ou limpeza da superfície do rosto, você gasta apenas 1 litro por ato de limpeza e economiza 90% da água e do seu dinheiro.

Ao lavar a louça

Lavando a louça com a torneira aberta por 15 minutos, você consome 117 litros de água. Ao optar por limpar pratos e panelas com a remoção de sujeira com a torneira desligada durante o processo, você pode gastar apenas 20 litros e poupar 17,09% por lavagem.

Ao lavar calçadas com mangueira

Neste caso, o prejuízo é muito representativo: com uma mangueira aberta em volume baixo, você gasta 216 litros d’água em 20 minutos e, ao utiliza-la totalmente aberta, pode gastar 526. Ao optar por lavar seu quintal com a água da máquina de lavar, de forma reutilizável, você reduz o desperdício e a despesa a 0%.

O racionamento de água no Brasil já é uma realidade

Desde maio de 2021, o reajuste na conta de água representa um aumento de 7,6% no orçamento do brasileiro, graças à redução de chuvas registradas por todo o país.

O racionamento de água imposto, já vigente na área metropolitana de Curitiba e todo o estado do Pará, em alerta de 90 dias para o baixo nível de água na região, restringe o uso do recurso de forma obrigatória.

Para que esta não seja uma situação real em sua cidade, poupe pelo seu bolso, pelo seu consumo em livre demanda e pelo planeta.

 

 

Tags: água economia racionamento

Veja mais